Testo


" O espírito se enriquece com aquilo que recebe;
o coração com aquilo que dá. "

Bem Vindos ao Portal Arco Íris

domingo, 2 de julho de 2017

O Mundo Exterior é Um Reflexo do Interior

O Mundo Exterior é Um Reflexo do Interior
por: Francisco Ferreira, O Aprendiz
Cada um de nós é um universo em expansão e melhoramos o mundo cada vez que mudamos a nós mesmos.

Por que atraímos as doenças, a dor e outras experiências desagradáveis?

Por muitos motivos, mas qualquer que tenha sido a origem, acabou provocando uma ruptura em nossa sintonia com a fonte. Tal quebra de sintonia atraiu energias, circunstâncias e fatos desfavoráveis através da Lei Universal da Atração. Por força dessa Lei, atraímos consciente ou inconscientemente tudo aquilo a que damos atenção através do pensamento cultivado com sentimento e emoção.


Muitas vezes, inconscientemente; aqueles que nos amam criam o mal, as religiões criam o mal, os nossos educadores criam o mal. E por essa influência maléfica do meio, fomos moldados a aceitar determinados preceitos e rejeitar outros. Isso; ao longo do nosso tempo histórico contribuiu grandemente para a perda da nossa identidade original.

É necessário restabelecermos em nós o equilíbrio natural que provém da Fonte Primeva. Para isso; temos que labutar na restauração de nossa personalidade, tornando-nos sintonizados novamente ao bom e ao belo. Não há outro caminho.

O alinhamento às Leis Universais não significa santidade, como muitos preconizam. Ao contrário; o bem-estar é a chave do sucesso em nossa busca transcendental.

Alegria, felicidade, harmonia, prazer são fatores que nos conduzem à Fonte, quando são bem direcionados.

Somos livres para fazer e ser o que desejarmos, desde que aquilo que fizermos não entre em conflito com outros princípios cósmicos. Basta seguir a regra de ouro, conscientizando-se de que somos partes de uma só coisa. Assim; tudo o que fazemos afeta o Universo de alguma forma. Cientes disso; jamais faremos algo que não esteja de acordo com o crescimento e a expansão de tudo.



Se o seu prazer ou a sua alegria se faz às custas do sofrimento de alguém, não está de acordo com as regras universais. Se por outro lado; você produz algo de positivo com as suas ações, está em sintonia com a Fonte e o que faz é motivo de júbilo para o Universo. Dessa forma; podemos concluir que todas as coisas podem ser puras, se forem realizadas com sentimentos nobres e elevados.

A Bíblia ensina que todas as coisas são puras para os puros. Os antigos mestres sabiamente preconizaram que pecar é afastar-se de Deus. Outros diziam que pecar é errar o alvo. Mas lembre-se que o alvo é você, os outros homens e todas as demais criaturas, porque fazemos parte de um grande corpo só que é o Universo com tudo o que nele existe.

Sempre friso nesse site que as nossas emoções são os termômetros capazes de mostrar o grau das nossas vibrações e o nosso nível de conexão com a Energia Essencial.

A emoção que mais nos faz vibrar em sintonia com o Universo é o amor incondicional. Portanto; quanto mais amor conseguimos manifestar ao cosmos, mais nos aproximamos da frequência ideal que reproduz a Essência Divina em nosso microcosmo.

É por isso que os grandes mestres insistem na necessidade de amar aos outros como amamos a nós mesmos. Só assim, as nossas emoções criam uma frequência ideal em sintonia com as vibrações da Fonte Criadora e atraímos tudo de bom para o nosso campo energético vital.

As emoções que vivenciamos gera campos de energia muito poderosos que tem o poder tremendo de causar alterações em nossa experiência de vida através da poderosa Lei da Ação e Reação.

Toda a energia emocional que enviamos ao Universo, regressa a nós sob a forma de efeito condicionado diretamente à natureza de tais sentimentos.

O pensamento é energia. A emoção potencializa eleva em muitos graus a energia da mente. Há de se supor então que o nosso pensamento transformado em emoção é uma energia poderosa que interage com outras formas de energia, criando a nossa realidade através dos mecanismos de ação e reação.

Para os aprendizes, toda criação existente em torno de nós, partiu primeiramente de pensamentos que se transformaram em idéias dominantes. Tais pensamentos são oriundos tanto de nossa própria imaginação quanto do inconsciente coletivo. Essas imagens mentais, depois de algum tempo de nutrição energética pela força da emoção, resultou naquilo que conhecemos como “nossa realidade existencial”.

Não podemos controlar os eflúvios benéficos e maléficos emanados da mente de massa. No entanto; podemos gerenciar nossas emoções, eliminando muitas das causas dos nossos problemas.

O efeito nocivo presente no lago mental da coletividade irá continuar existindo ao nosso redor. No entanto, a partir da elevação do nosso padrão vibrátil, constituímos uma verdadeira redoma protetora ao nosso redor que minimiza em muito, o efeito das energias negativas existentes.

É evidente que para criarmos uma realidade existencial mais plena, abundante e feliz, precisamos nos conscientizar da importância de gerenciar nossos pensamentos que são a matéria prima básica para o processo criador que regula a nossa vida. Isso não significa que devemos viver policiando nossos pensamentos. Basta gerenciar as nossas emoções através de uma mudança de atitudes.

Cuide sempre de seus pensamentos porque eles condensam uma forma de vibração poderosíssima que se traduzirá em sua experiência futura. Reflita profundamente sobre essa abordagem acerca da ação da Energia Essencial em nossa vida e passe a avaliar cuidadosamente suas atitudes, suas ações e principalmente suas emoções.

As emoções são as maiores potencializadoras da energia dos seus pensamentos. Construa um novo presente a partir da organização e construção de sentimentos positivos.

Emocione-se sempre com o bom e com o belo no Universo e o mesmo refletirá como um espelho, retornado a você aquilo que de você emergiu. Evidentemente o retorno sempre virá com acréscimo porque a Lei do Crescimento multiplica tudo aquilo a que você gerou por força de sua vontade criadora.

O mundo está do jeito que está porque a grande maioria dos homens ainda ignora as Leis Universais, desconhecendo-as ou desrespeitando-as.

O mundo seria outro se grande parte dos homens passasse a desviar a atenção das condições negativas do mundo para as grandes e maravilhosas dádivas da Criação.

Se todos ou quase todos conseguissem expressar diariamente sentimentos sinceros de gratidão e respeito ao Universo, ao planeta terra e à vida. Com certeza, teríamos um mundo totalmente diferente. Pense nisso e tenha consciência de que o mundo somos nós.

Se o mundo está ruim, podemos mudá-lo através da reunião invisível de seres com boas intenções e bons sentimentos. E, não adianta esperar que a mudança seja efetuada de forma drástica, vinda de fora.

Não haverá um salvador do mundo, como entidade única para curar nossas mazelas. Somente a mudança no inconsciente coletivo pode transformar o mundo. E, o inconsciente coletivo é uma somatória daquilo que eu sou mais o que você é, somado ao que os outros são. Nós somos o mundo. Nós podemos mudar o mundo.

Os acontecimentos que ora presenciamos, são reflexos diretamente proporcionais às nossas ações passadas. Podemos mudar tudo isso que vemos. Mudemos o foco e a polaridade será invertida. Dessa forma podemos transformar completamente o nosso mundo pessoal e dar a nossa pequena contribuição para que mudanças ocorram no mundo que nos cerca.

Fazemos parte de um Todo complexo e entrar em harmonia com Ele seria a realização máxima de nossa condição humana. Mas lembre-se: não é necessário que entendamos completamente o Universo e seus mistérios.

Não é necessário sermos perfeitos, nem santos, nem mestres. Ainda sendo apenas aprendizes, podemos aprender muitas coisas; porque bem diz um grande livro sagrado que toda sabedoria humana é loucura diante do Criador.

Estamos imersos em um universo em eterna expansão e por trás de grandes revelações existem maiores segredos. Jamais conheceremos tudo porque não somos o Todo, apenas parte dele; mas podemos usufruir deliberadamente dos benefícios colocados à nossa disposição.

Há um fluxo de permanente bem-estar fluindo livremente e nós podemos resisti-lo ou permiti-lo em nossa vida.

Somos os medidores da grandeza do Universo e sempre limitamos o que é ilimitado. Essa é a nossa natureza. Torna-se necessário então, ampliarmos os nossos horizontes e permitir cada vez mais que o bem circule livremente, se quisermos mudar o mundo.

Cada um de nós é um universo em expansão e melhoramos o mundo cada vez que mudamos a nós mesmos. Tornando-nos melhores, criamos uma nova perspectiva para que o Ilimitado flua em um nível mais elevado. E isso acaba gerando uma teia de acontecimentos e eventos inter-relacionados que acaba influenciando positivamente o mundo, como um todo.


A mudança interna é a forma mais eficaz de mudar o mundo. Nós somos o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...