Testo


" O espírito se enriquece com aquilo que recebe;
o coração com aquilo que dá. "

Bem Vindos ao Portal Arco Íris

segunda-feira, 27 de março de 2017

SISTEMA RESPIRATÓRIO

 
O sistema respiratório é responsável pela condução do ar contendo oxigênio (O2) até os pulmões e pela eliminação de gás carbônico (CO2) resultante das oxidações celulares. Sua estrutura é formada pelos pulmões e por um sistema de tubos condutores que compreende as fossas nasais, a laringe, a traquéia, os brônquios e os bronquíolos.

O processo respiratório pode ser dividido em quatro fases:

1ª - Troca gasosa com o meio externo, que ocorre nos pulmões, através de minúsculas aberturas chamadas alvéolos.
2ª — Transporte dos gases respiratórios (O2) desde os pulmões até os tecidos, e vice-versa, por meio do sangue.
3ª - Troca gasosa entre o sangue e as células, que é feita nas paredes dos capilares (porção final dos vasos sangüíneos) que se comunicam com o tecido intersticial (líquido entre as células).
4ª - Respiração celular, que consiste nos processos oxidativos intracelulares, consumindo O2 recebido pelo sangue e produzindo CO2, que é depositado na corrente sangüínea.

domingo, 26 de março de 2017

ESÔFAGO REALIDADE DE VIDA


  O esôfago é um canal que se comunica diretamente com o estômago. Ele se estende a partir da faringe, passa pelo diafragma, entrando no estômago.

O esôfago está relacionado com as situações já caracterizadas, conforme se repitam com relativa freqüência ou se arrastem por um longo espaço de tempo.

A aceitação de qualquer fato da vida interfere na função do esôfago. Quando se vive bem com as situações, por mais desagradáveis que possam aparentar, não há alteração em sua função metabólica. No entanto, ao menor sinal de descontrole e recusa em aceitar essas mesmas situações, essas funções são alteradas.

UM CORPO CHAMADO UNIVERSO

 
O corpo humano, dentro do contexto social atual, é como se fosse (simplesmente) um conjunto de ferramentas que nos proporciona agir de acordo com nossos desejos e necessidades biológicas.
UM CORPO CHAMADO UNIVERSO
Berenice Gehlen Adams. Inspirado no livro
O CORPO E SEUS SÍMBOLOS
de Jean-Yves Leloup
Visão Holística - “Trata-se de olhar para a realidade através de todos os seus lados, ângulos e recantos. Sem confusão e sem oposição; nada negar e nada idolatrar: eis a visão holística” (LELOUP, 2001:10).

O corpo humano, dentro do contexto social atual, é como se fosse (simplesmente) um conjunto de ferramentas que nos proporciona agir de acordo com nossos desejos e necessidades biológicas. Estes desejos são ditados pelo contexto cultural que nos envolve, que nos gera, que nos nutre, que nos cobra, que nos “aprisiona”. Neste âmbito e numa visão fragmentada, o corpo passa a ser um objeto que carrega um ser pensante em seu interior, um ser dotado de raciocínio que é capaz de planejar e executar tarefas, cumprindo, assim, uma missão: a de ser produtivo para a sociedade. Esta maneira de viver “formatada” por regras sócio-culturais cria sociedades mecanizadas, frias, violentas, onde a falta da generosidade é ocupada pela ganância do consumismo, onde uns têm cada vez mais e outros têm cada vez menos: uma sociedade que classifica, que exclui, que anula, que despreza e que finge nada estar vendo. Esta sociedade é formada por corpos: organismos.

sábado, 25 de março de 2017

LIBERE A SABEDORIA DO CORPO

 
O corpo tem uma grande sabedoria. Libere-a. Deixe que o corpo siga cada vez mais sua própria sabedoria. E, sempre que tiver tempo, simplesmente relaxe. Deixe que a respiração siga um ritmo natural.

Nosso hábito de interferir tornou-se tão entranhado que não conseguimos nem respirar sem intervir nisso. Se observar a respiração, vai perceber no mesmo instante que já começou a interferir - você começa a respirar fundo ou a expirar mais ar.

Não é preciso interferir, de forma alguma. Apenas deixe que a respiração aconteça de modo natural, o corpo sabe do que necessita. Se precisar de mais oxigênio, respirará mais; se precisar de menos oxigênio, respirará menos.

Deixe a respiração por conta do corpo! E, sempre que sentir algum ponto de tensão, relaxe. Muito lentamente ... primeiro comece a relaxar enquanto estiver sentado, descansando; depois, quando estiver ocupado, fazendo alguma coisa.

Se estiver limpando o chão ou ocupado na cozinha ou no escritório, mantenha este estado relaxado. A ação não precisa atrapalhar nesse estado de relaxamento. Assim, suas atividades terão beleza, uma grande beleza. Terão o sabor da meditação.

As pessoas, no entanto, continuam a fazer esforços desnecessários. Algumas vezes, esses esforços funcionam como uma barreira; são problemas que elas mesmas criam.

Basta observar... Existem situações em que, se você forçar, nada conseguirá. Não apresse o rio nem tente nadar correnteza acima. O rio corre para o mar naturalmente - seja apenas parte dele, parte da sua jornada. Ele o levará ao ponto final.

Se relaxar, descobriremos; se não relaxarmos, não descobriremos. O relaxamento torna-se a porta para essa grande descoberta - a iluminação.

Osho, em "Corpo e Mente em Equilíbrio"

PÂNCREAS

O PÂNCREAS

Do ponto da anatomia e da fisiologia do corpo humana, o pâncreas é um orgão glandular situado atrás do estômago, que mantém relação anatômica com o duodeno e o baço.

É uma glândula exócrina e endrócrina, com acentuada influência tanto na digestão quanto em processos metabólicos, especialmente em relação à transformações dos açúcares.( Além das enzimas que ajudam na digestão, o pâncreas regula por meio da insulina os açúcares no sangue, informando o fígado e vários tecidos ( sobretudo os adiposos). O pâncreas é capaz de detectar variações infinitestimais de açúcar ( de ordem do décimo de grama).

De alguma forma, poder-se-ia dizer que o estômago é a vísera do pâncreas e do baço.

O Pâncreas está simbolicamente vinculado à realização ou transformação da carne.

CORPO FÍSICO - O SANTUÁRIO SUBLIME -Emmanuel/Chico Xavier



Noutro tempo, as nações admiravam como maravilhas o Colosso de Rodes, os Jardins Suspensos da Babilônia, o Túmulo de Mau solo, e, hoje, não há quem fuja ao assombro, diante das obras surpreendentes da engenharia moderna, quais sejam a Catedral de Milão, a Torre Eiffel ou os arranha-céus de Nova Iorque.

Raros estudiosos, no entanto, se recordam dos prodígios do corpo humano, realização paciente da Sabedoria Divina, nos milénios, templo da alma, em temporário aprendizado na Terra.

Por mais se nos agigante a inteligência, até agora não conseguimos explicar, em toda a sua harmoniosa complexidade,...

o milagre do cérebro, com o coeficiente de biliões de células;

o aparelho elétrico do sistema_nervoso, com os gânglios à maneira de interruptores e células sensíveis por receptores em circuito especializado, com os neurônios sensitivos, motores e intermediários, que ajudam a graduar as impressões necessárias ao progresso da mente encarnada, dando passagem à corrente nervosa, com a velocidade aproximada de setenta metros por segundo;
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...